terça-feira, 8 de maio de 2007

Primeiras dificuldades


Imagem e Edição de João Duarte

E ao segundo dia, eis que começam a surgir as primeiras dificuldades. O calor apertou, o que nunca é uma boa noticia para quem se fez à estrada por estes dias a caminho de Fátima a pé. Nas paragens para descanso já são muitos os que têm de tirar os sapatos para aliviar os pés.
Valem as carrinhas de apoio ao peregrinos. Oasis no meio de um deserto de asfalto.
Ou então os pontos de assistência da Cruz Vermelha espalhados ao longo do caminho. Só na semana do 13 de Maio, um deles costuma dar ajuda a mais de quatro mil peregrinos, conta-me um dos responsáveis. As marcas do cansaço são visiveis : chegam em muitos casos desidratados, com os pés mal-tratados, ou então com insulações devido ao sol que parece teimar em ficar cada vez mais forte.
Hoje já foi uma correria, mas o movimento vai intensificar-se nos próximos dias.
O percurso da peregrinação pode ser consultado aqui.

2 comentários:

Paulo disse...

Caros Peregrinos,
Ofereçam esse sofrimento ao Imaculado Coração de Jesus para que por seu intermédio insira algum sentimento no raptor de Madeleine e o faça sentir-se melhor e Libertar e menininha!
Que Maria vos acompanhe!
Um forte abraço!

Anónimo disse...

O primeiro peregrino pago para ir a pé até Fátima...